Não votou a favor da investigação de Temer

Não é impunidade! Ele será investigado na Justiça comum!

É preciso ver os dois lados do foro privilegiado. Investigar um presidente sob foro gera uma série de prerrogativas e impedimentos da Justiça que vão servir apenas para atrasar cada vez mais a resolução do caso.

É preciso dar ao presidente Michel Temer o benefício da dúvida e, caso seja comprovada qualquer atividade que comprometa sua longa trajetória política, é muito mais eficaz e ágil que ele responda perante a Justiça Comum.

Quanto mais se alonga a resolução e sentença de um processo, mais tempo terão os opositores para minar a imagem e a confiança de um parlamentar diante de seus apoiadores. Eu, por exemplo, fui vítima dessa tática de politicagem no caso da Conta Flávio Nogueira. O que a população espera da Justiça é agilidade e resultado.

adminNão votou a favor da investigação de Temer
Share this post