fundo-slide-1-mindestaque-banner-1-min
fundo-slide-2-mindestaque-banner-2-min

Flaviano quer desengavetar proposta que equipara jornada de enfermeiros

por Carola Ribeiro em 20 de março de 2018 às 19:37

Há 18 anos tramita na Câmara dos Deputados a proposta que redefine a jornada de trabalho dos enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem (PL 2.295/00). Hoje o expediente deles é variável. Os profissionais celetistas trabalham 44 horas semanais, enquanto em alguns estados a jornada dos enfermeiros no setor público é de 30 horas.

Com a intenção de sanar a questão, e finalmente assegurar isonomia a estes profissionais brasileiros, o deputado federal Flaviano Melo (MDB-AC) apresentou, nesta terça-feira (20), o requerimento de urgência 8.304/18 para incluir a proposta na ordem do dia do Plenário.

“Eles [enfermeiros] são submetidos a uma jornada de trabalho desgastante. A maioria não trabalha apenas em uma unidade de saúde, muitos prestam assistência particular em busca de uma remuneração melhor. Nada mais justo que fixar a carga de trabalho para a iniciativa pública e privada em 30 horas semanais. Aprovar essa medida é uma demonstração de respeito e gratidão por esses profissionais que seguram as pontas nos hospitais antes e depois do atendimento médico”, defendeu Flaviano.

O parlamentar acrescentou que “uma jornada fixa assegura uma rotina digna”. Segundo o projeto a medida se aplicará a enfermeiros, técnicos, auxiliares de enfermagem e parteiras.

Acompanhe a tramitação completa da proposta no site da Câmara.

Da Assessoria